Número total de visualizações de página

sexta-feira, janeiro 17, 2014

COMO SE PRONUNCIAM OS NÚMEROS DECIMAIS?

Kz 1,2 milhão de ou Kz 1,2 milhões?

Olha, tratando-se de números decimais, a palavra seguinte (ao número decimal) deve concordar em número(singular ou plural) com o primeiro algarismo (o que está antes da vírgula).

Ou seja, deve dizer-se: 1,2 milhão de Kwanzas; 2,1 milhões de Kwanzas.

quarta-feira, janeiro 01, 2014

COMO E QUANDO USAR A CRASE (à)

«Vou à Luanda» está errado. Deve escrever-se «Vou a Luanda». - Diz Rui Ramos na sua página de face book  e prossegue:
 
«Vou ao Cacuaco, vou a Caxito, vou a Benguela, vou ao Uíge, vou ao Cuito Cuanavale, vou à Camama, vou a Benfica, vou ao bairro de Benfica, vou À Huila».
Os brasileiros escrevem «vou em Luanda». Nós não escrevemos assim. Em Angola escreve-se «vou a Luanda».
Em todas as informações escritas que vejo espalhadas pelas cidades angolanas e principalmente em Luanda profunda leio «Realiza-se..., Conserta-se..., Faz-se...» e muito bem, pois nós não seguimos a grafia brasileira «se realiza, se faz, se conserta».
E atenção... os brasileirismos «demanda» e «renda» aqui dizem-se «procura» e «rendimento» (renda é renda de casa)...
Quanto ao uso da crase, se persistir dúvida, faça o seguinte exercício:
Venho de/da/do (Luanda, Huila, Huambo)
Nasci em/na/no (Benguela, Munenga, Libolo)
Vou a/à/ao (Catoca, Kibala, Sumbe)
Preposições DE e EM equivalem a topónimos que não se podem considerar masculinos nem femininos. Aqueles que não são precedidos de artigo (a/o).
 
Venho de Saurimo/nasci em Saurimo/Vou a Saurimo
 
Obs: sempre que estiver em presença de "à", lembre-se que se trata de contração de preposição "a" com artigo definido feminino "a". Logo, à=a+a.
 
 
Luciano Canhanga com Rui Ramos (in face book,12.08.2013)