Número total de visualizações de página

quinta-feira, abril 01, 2010

ECLÉSIA: FORMAÇÃO ON JOB E MOBILIDADE

Pedro Manuel Vieira, Moisés Sachipangue e Gabriel Niva são exemplos de jornalistas que iniciaram carreira na Huila mas que ganharam nome na Eclésia. Se por este motivo o Lubango pode ser considerado o sorvedouro da Emissora Católica de Angola, esta Rádio é por sua vez o “celeiro” da TPA.

Nomes como Neto Júnior, Benedito Joaquim, João Pinto, Moisés Sachipangue, Gabriel Niva, Faustino Hossi (Manuel) Alexandre Cose, Almir Agria, Mário Vaz Contreiras, entre outros, hoje na Televisão Publica passaram pela Eclésia, onde se aperfeiçoaram na arte de informar/noticiar, pontificando-se como exímios senhores do jornalismo angolano. Daí que ser-se jornalista da Eclésia é, hoje por hoje, meio caminho andado para ver franqueadas as portas da Televisão Pública, tendo em conta a mobilidade dos profissionais desta Emissora em direcção à TPA.

Para além dos citados jornalistas, a Emissora Católica deu ainda à Rádio Mais o actual editor-chefe, Arão Gaspar, também procedente do planalto huilano, Rossana Miranda (LAC/Eclésia/TPA/ TV-Zimbo), Teixeira Cândido (Jornal de Angola/ Jornal O País), entre outros  "emigrados".

A formação on job de jovens recém-saídos de cursos médios e básicos tem sido outra aposta da emissora, o que permite um equilíbrio entre os que saiem e aqueles que dão continuidade à obra. Adão Tiago, Walter Cristóvão, Zenilda Volola, entre outros, são exemplos deste esforço de renovação contínua, contando com a formação on job de novos talentos.

OBS: Texto aberto a contribuições

Sem comentários: